Em Destaque

Bombeiros de Vidago festejam aniversário a pensar no cinquentenário

 

O passado, dia 8 de dezembro de 2016, foi de festa para a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vidago que comemorou o seu 49º aniversário.


O programa das comemorações iniciou-se logo ao início da manhã com o hastear das bandeiras no quartel, seguindo-se a habitual romagem ao cemitério para homenagem aos bombeiros e sócios já falecidos e o desfile apeado pelas principais ruas da vila.

De regresso ao quartel, seguiu-se a promoção de dois novos bombeiros de 3ª Classe Andreia Filipa Pinto Teixeira, Maria do Céu Gomes Reis e a imposição de galões ao novo Adjunto de Comando Bruno Sarmento. Seguiu-se a sessão Solene, que além das várias intervenções, contou com a tomada de posse do novo Adjunto de Comando.

 

O Bombeiros de 1ª Classe Bruno Miguel Machado Sarmento preenche assim a vaga existente no comando dos Voluntários de Vidago.

No seu discurso de tomada de posse, Bruno Sarmento fez questão agradecer ao Comandante e á direção dos B.V. de Vidago a confiança nele depositada para o desempenho deste cargo, referindo o orgulho que sente em caminhar lada a lado com todos os homens e mulheres que compõem este corpo de bombeiros.

Sei que o futuro me trará muitos desafios mas, a lealdade, o rigor a determinação e entrega ao trabalho de equipa, será o meu compromisso.

Sei que não vai ser uma tarefa fácil mas, com todos vocês Bombeiros e Bombeiras caminhando na mesma direção, tudo será possível com um único objetivo colocar bem alto o nome desta Associação não só a nível distrital mas também a nível nacional.

Bruno Sarmento agradeceu aos seus Pais pela educação e oportunidades que lhe proporcionaram ao longo da vida, e á sua esposa por toda a compreensão e apoio que lhe tem dado porque sem ela a sua missão não seria possível.

Deixou ainda um agradecimento especial ao seu primeiros Comandante Carlos Ferreira pelos conhecimentos que lhe transmitiu na sua curta mas já longa caminhada nos bombeiros.

Bruno Sarnento Aguiarense do coração e Vidaguense por opção, agradeceu ainda a todos os presente pela presença neste e pela confiança nele depositada.

 

Bruno Miguel Machado Sarmento ingressou em 2004, então como aspirante, nos Bombeiros Voluntários de Vila Pouca de Aguiar onde foi progredindo. Em 2004 foi promovido a bombeiro de 3ª, em 2008 bombeiro a de 2ª, em Maio de 2016 solicita a sua transferência para o Corpo de bombeiros de Vidago. Em 216 é promovida a bombeiro de 1ª e em 2016 após é nomeado Adjunto de Comando.

 

A abertura da sessão esteve a cargo de Bruno Henriques, comandante deste corpo de bombeiros, seguindo-se a intervenção das entidades convidadas.

Bruno Henriques enalteceu “todos aqueles que ao longo de quase cinco décadas foram trabalhando para o crescimento da nossa associação” e enumerou algumas das dificuldades que os bombeiros têm enfrentado nos últimos tempos, defendendo mais incentivos para os soldados da paz, por parte do governo e das autarquias. Dificilmente conseguirão encontrar alguém com tão grande altruísmo e desinteresse na defesa de pessoas e bens e simultaneamente na defesa do país”, frisou. 

 

Referindo-se aos “novos desafios” que a instituição tem vivido no seu dia-a-dia, Francisco Oliveira, presidente da direcção, recordou que  Independentemente das dificuldades, assinalamos com alegria a passagem de mais um Aniversário  é sem dúvida um dia especial, na vida das pessoas como nas Instituições, é sinal de vida e esperança, é sempre pretexto para um momento de balanço mais ou menos exaustivo, através dele tiram-se ilações e faz-se a história. O ano que está a terminar infelizmente para nós foi dramático, começamo-lo da pior maneira em 21 de Janeiro com o acidente na A7 em Ribeira de Pena, do qual resultou a perda total de uma ambulância, um morto e dois feridos graves.

No tocante ao flagelo dos fogos florestais pode-se dizer no nosso concelho foi tranquilo, mas em outros foi dramático e  fomos chamados a intervir em 164 fogos florestais. Na emergência médica pré-hospitalar intervimos em 847 Ocorrências  e Transportamos, para as diversas unidades hospitalares 3034 doentes.

Para terminar queremos agradecer a todos sem exceção, não queremos esquecer ninguém, sócios, entidades, comércio, empresas, juntas de freguesia, Camara Municipal, Cmdt. Distrital, não esquecendo os nossos emigrantes espalhados pelo mundo, que ao longo dos anos nos têm ajudado a cumprir a nossa nobre missão, socorrer e proteger quem de nós precisa.

Aos bombeiros e às vossas famílias quero Expressar-vos a nossa gratidão pelo vosso empenho, dedicação espírito de sacrifício altruísta e abnegado, com que tendes cumprido o lema VIDA POR VIDA

Por último, o dirigente endereçou uma palavra de apreço ao Comando, “pela forma como tem dirigido o Corpo de Bombeiros”, aos soldados da paz, pela “dedicação, espírito de sacrifício e profissionalismo demonstrados”, e aos respetivos familiares.

 

O  presidente da Câmara Municipal de Chaves Aqtª António Cabeleira que começou por prestar a sua homenagem aos “homens e mulheres que ao longo destes 49 anos de existência da associação, ajudaram a mantê-la viva e a desempenhar com dedicação a mais nobre das missões: servir o próximo com risco da própria vida”, recorda que o Município sempre esteve e continuará a estar na linha da frente, no apoio aos Bombeiros

Sobre a relação entre a autarquia e a instituição, o autarca afirmou que superando todas as dificuldades a Câmara Municipal tem o mérito de ter conseguido manter uma relação de forte parceria e estreita colaboração com os três copos de bombeiros do concelho, acrescentando que “procuraremos no futuro aumentar esse laços institucionais, a bem dos habitantes do nosso concelho e de todos aqueles que possam beneficiar de uma atuação, cada vez mais eficaz, por parte dos nossos bombeiros".

Em reposta aos desafios lançados pelos soldados da paz, o edil Flaviense referiu que a autarquia “com o intuito de promover o voluntariado, tem colaborado no incentivo aos bombeiros e na valorização do inestimável contributo que dão, de forma abnegada, ao nível da proteção de pessoas e bens, reconhecendo que já foram atribuídos, na sua gestão, alguns benefícios aos bombeiros e respetivas famílias, e que esse apoio será gradualmente alargado a outras matérias possíveis".

 

Para além dos intervenientes já referido, a sessão solene contou ainda com as intervenções, do Eng. Alcino Rodrigues da Federação de Bombeiros do Distrito de Vila Real, do Eng. Álvaro Ribeiro Comandante Distrital de Operações de Socorro,  e do representante da Liga de Bombeiros Portugueses, Comandante José Requeijo.
 

As comemorações prosseguiram com a bênção, pelo Padre José Carlos, de duas novas viaturas: uma Ambulância de Socorro e uma viatura de transporte de doentes que foram apadrinhadas por Fernando Cadete Cmdt. no Quadro de Honra e pela Vidaguense Drª Daniela Picotez Brás e seu Pai Eduardo Brás

 

 

Augusto Oliveira: Bomb 1ª classe / QH

 

 

 

 

 

 

Política de Privacidade

Todos os Direitos Reservados para os Bombeiros Voluntários de Vidago, AVª Conde de Caria, 2 - 5425-307 Vidago