Em Destaque

 

Mau Tempo na Região de Vidago não dá Tréguas aos Bombeiros

 

O  mau tempo não deu tréguas aos soldados da paz e as fortes rajadas de vento acompanhadas de muita chuva  que se fizeram sentir na noite do dia 3 e

madrugada do dia 4 continuaram a fazer prejuízos, provocando, nomeadamente, a queda de várias árvores um pouco por toda região.
Vidago foi uma das zonas mais afetadas. Os Bombeiros de Vidago foram chamados para proceder ao corte de várias árvores que caíram na EN 2 em

Vilela do Tâmega, EM 311 na localidade de Souto Velho, na Alameda Dr. António Viana em Vidago, onde uma árvore de grande porte cortou o transito

e impediu os automóveis de circularem durante algum tempo.

Este Corpo de Bombeiros, foi ainda chamada para desobstruir e limpar a EM 550 em Valverde, acudir a uma inundação numa residência na Rua

Alves Teixeira em Vidago e para terminar a madrugada a prestação de socorro num acidente rodoviário que envolveu duas viaturas na EN2 também em

Vidago. Com todas estas ocorrências  , os Voluntários de Vidago envolveram vinte homens dispersos pelas várias situações.

Apesar de todas estas intervenções terem causado alguma apreensão, não se registaram feridos graves nem danos avultados. Apenas registamos um

ferido ligeiro, um Bombeiro de Vidago que teve que ser transportado ao Hospital de Chaves

 

 
     
 
     
 
     
 
     
 
     
 
     

 

 

Política de Privacidade

Todos os Direitos Reservados para os Bombeiros Voluntários de Vidago, AVª Conde de Caria, 2 - 5425-307 Vidago